A homenageada da Pitaya deste mês é uma das loiras mais famosas do Brasil, e “trabalha” desde os 4 anos. Foi apresentadora de TV e ícone infanto-juvenil nos anos 1980 e 1990. Um estouro tão grande que sua marca registrada, uma pinta na perna, chegou a ser vendida nas tabacarias como tatuagem. Ué, quem é essa? É Angélica, uma das rainhas do carisma e queridinha da TV Globo.

Nasce uma estrela mirim – 1973

  • Angélica Ksyvickis nasceu no ABC paulista, em uma família de classe média, de origem lituana. O pai, metalúrgico, e a mãe, dona de casa, já tinham uma filha de 11 anos no momento em que a caçula veio ao mundo.
  • Quando Angélica tinha 4 anos, a família passou por um trauma que mudou seu destino: sofreram um assalto dentro de casa. O pai foi baleado e quase morreu. Depois disso, a menina passou por uma fase retraída, com muito medo de sair. Sua maior distração era o programa do Chacrinha na televisão.
  • Foi assim que a mãe teve a ideia de levar a filha no programa de TV, para ver se assim ele se animava. Chacrinha se comoveu com a história delas, e convidou a menina para o palco. Angélica amou e achou seu lugar no mundo!
  • Verdadeira “Little Miss Sunshine”, a loirinha que adorava brilhar venceu por dois anos seguidos o concurso de criança mais bonita do Brasil. Foi aí que os convites para comerciais publicitários começaram (e nunca mais pararam!). Aos 5 anos, a menina rendeu à família o primeiro carro!

Foi de táxi para a TV – 1986

  • Aos 13 anos, Angélica integrou o grupo Ultraleve, junto com outros teens, como Rodrigo Faro e Ticiane Pinheiro. Quando eles foram se apresentar na TV Manchete, um dos diretores do canal se encantou com Angélica quando passou por ela no corredor. Foi assim que veio o primeiro convite para apresentar um programa infantil.
  • Angélica dominou a telinha com seu carisma. Seus programas incluíam brincadeiras, desenhos animados e atrações musicais. E se a Xuxa tinha suas paquitas, Angélica tinha suas Angelicats!
  • Mesmo que naquela época ainda não fosse comum, as ajudantes de palco eram super diversas, com meninas brancas, negras e orientais. Famosas como Camila Pitanga e Giovanna Antonelli estiveram entre elas!
  • Com o sucesso estrondoso na TV, a carreira musical também deslanchou nessa época. “Vou de táxi” virou um hit absurdo, pelo qual ela é lembrada até hoje!
  • Angélica virou febre. Chegou a ter mais de 300 produtos licenciados no seu nome (quem não queria uma sorveteira da Angélica?), um record nacional! Até a “pinta da Angélica”, que ela tem na perna, passou a ser vendida como uma espécie de tatuagem nas bancas de jornal.
  • Claro que com uma intensa rotina de shows, turnês e gravações, a menina não teve uma adolescência nada “normal”. Nos últimos anos do colégio, ela fazia trabalhos e provas nos sábados, sozinha. E quando eventualmente ia nos horários regulares, enfrentava o assédio dos fãs/colegas.
  • Aos 15 anos, ela teve seu primeiro namorado, que tinha 28. Eles se viam pouco por causa do trabalho dela, mas ficaram juntos até Angélica completar 21.

Zoando na TV Globo – 1996

  • Em 1996, aos 22 anos, após um contrato de 3 anos no SBT (em que chegou a apresentar o Passa ou Repassa), Angélica se mudou para o Rio de Janeiro para estrear na TV Globo. Mantendo o público infanto-juvenil, ela tinha o programa Angel Mix, que chegou a ocupar quase a manhã toda da programação do canal.
  • Angélica também se aventurou pela dramaturgia, com a novelinha “Caça Fantasmas”, em que ela interpretava a Fada Bela (quem lembra?), e no filme “Zoando na TV”, um clássico no VHS.
  • Nessa época, bateu uma rebeldia tardia na artista que não tinha tido adolescência. Foi uma fase baladeira, em que era constantemente flagrada na noite, desafiando aquela imagem de loirinha meiga cativa do público infantil.
  • Contra a vontade dos pais, ela começou a namorar o ator Maurício Mattar, que era meio que um “bad boy” da época. O rapaz era conhecido pelo uso de drogas, e o namoro causou alvoroço na família. Angélica chegou a viajar com ele escondida. Quando o pai descobriu, ficou tão nervoso que foi parar no hospital.
  • Foi em uma das idas e vindas com Mattar que Angélica deu seu primeiro pega em Luciano Huck, em Fernando de Noronha, lá em 2000. Na volta da viagem, eles ficaram de se encontrar, mas Angélica não apareceu. Luciano mandou um cano com um laço para a casa dela, dizendo que foi o maior cano de sua vida!
  • Em 2003, o casal se reencontrou em um filme que estavam gravando. Em 2004, ela já grávida, casaram, com direito a uma festa de mais de mil convidados. Tornaram-se uma das duplas mais queridinhas do Brasil, que hoje tem 3 filhos e 18 anos de história.

Nova fase, agora mais zen – 2020

  • Desde 2001, Angélica foi se afastando do público infantil para emplacar como apresentadora para toda família. Por 10 anos apresentou o Vídeo Game, programa de auditório que ia ao ar diariamente após o Vídeo Show. Encabeçou também o Fama e o Estrelas, que encerrou em 2018.
  • A partir daí, a sintonia entre o que Angélica e a TV Globo queriam foi diminuindo. Com a explosão das redes sociais, o entretenimento foi mudando, e os projetos da apresentadora não cabiam no que a emissora buscava. Em 2020, após 24 anos, o contrato com o canal foi encerrado.
  • Já madura, Angélica conta que tem usado esse novo período para se conectar consigo. Foi o momento para ela escolher as próprias roupas, coisa que nunca tinha feito, porque tinha uma figurinista o tempo todo!
  • A partir daí, ela começou a meditar e a desenvolver seu lado mais esotérico. Em 2021, na HBO, chegou a fazer o programa Astral, que girava em torno do signo dos convidados.
  • Sem nenhuma cirurgia
  • plástica, Angélica se orgulha do envelhecimento, e tem usado a sua imagem para abordar temáticas sociais relevantes, como violência contra a mulher, sustentabilidade e bem-estar em um mundo de intensa pressão às mulheres. No seu site, Mina, ela cria conteúdos com diversos convidados para tratar dessas questões.
  • Angélica marcou uma geração com seu carisma e jeitinho despojado. A moça da pinta acumulou uma legião de fãs e hoje segue sendo uma referência de mulher de sucesso. Que a loira siga usando seu encanto pelas grandes causas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir conversa no Whatsapp
Canal de Vendas
Olá, podemos ajudá-la? ❤️